As Mensagens Subliminares estão em todos os lugares - ContaPraEu?
Polemica

As Mensagens Subliminares estão em todos os lugares

Fazem mais de 50 anos que propagandas das mais diversas utilizam estímulos que não sejam percebidos conscientemente pelo cliente, o que chamamos de mensagens subliminares. No entanto ainda temos muitos céticos que apontam a existência das mensagens subliminares como uma teoria de conspiração e acusam os que acreditam nela de sofrer de apofenia – percepção espontânea de conexões e significância de fenômenos que não possuem relação entre si (como ver coelhos nas nuvens).

Um monstro foi criado

A teoria das mensagens subliminares apareceu com força, quando em 1957, o publicitário James Vicary anunciou a criação da empresa Subliminal Projection Company. Para provar a eficiência da publicidade subliminar, Vicary divulgou o resultado do experimento conduzido em um cinema de Nova Jersey. Ao inserir as frases “Drink Coke” e “Eat Popcorn” durante a projeção do filme, ele teria aumentado em 57,7% as vendas de pipoca e em 18,1% as vendas de Coca-Cola às portas de saída do cinema.

A divulgação da pesquisa atraiu os olhares da mídia, tornando-se um assunto extremamente popular e polêmico, as agências publicitárias começaram a usar tal estratégia em peso, grupos religiosos começaram uma perseguição ao método, alegando que comerciais de bebidas alcoólicas estavam utilizando as mensagens subliminares para aumentar o consumo desta. A  pequisa de Vicary havia tomado dimensões incalculáveis, tanto que em 1962 alarmado com o que o assunto tinha virado, em uma entrevista concedida à revista Advertinsig Age, Vicary desmentiu os resultados de sua pesquisa e afirmou que tinha sido pressionado por investidores a publicar experimentos que nunca tinha feito, assim como os falsos resultados. O pronunciamento não teve efeito e as mensagens subliminares continuaram a ser fortemente utilizadas, assim como conservadores apontavam como um método da mídia para manipular a população.

As mensagens sublimares em filmes

Diversos filmes e produções de Hollywood trouxeram mensagens subliminares, algumas propositais para aumentar a imersão na história, outras que simplesmente nunca foram oficializadas pelos envolvidos, mas os olhos mais atentos não deixaram escapar.

O Exorcista

Imagem/Reprodução : O Exorcista

Em 1973 surgia um filme, baseado em um livro que descrevia um relato de um verdadeiro exorcismo, sim estamos falando de O Exorcista de 1973, um dos filmes de terror mais lucrativos da história.

Saiba que O Exorcista também tem sua dose de mensagens subliminares, o diretor William Friedkin, inseriu flashes com um rosto cadavérico e olhos arregalados em várias partes do filme para anunciar a presença do demônio Pazuzu.

O diretor reconheceu o uso das imagens e alegou que não tratava-se de mensagens subliminares, mas de um recurso visual para aumentar o terror dos telespectadores. No entanto esse não foi a única encontrada no filme, posteriormente em matéria dedicada para o filme, traremos alguns outros.

De olhos bem fechados

O último filme de Stanley Kubrick, que faleceu 5 anos depois, também continha sua dose de mensagem subliminar. Na cena do ritual erótico entre homens e mulheres mascarados, uma música de sons guturais foi utilizada para dar enfase ao acontecimento. O som trata-se de um cântico romeno rodado de trás para frente, escolhido a dedo por Kubick para embalar a cena, mas apesar do que ouvimos e vemos, a letra do cântico fala sobre paz, amor e perdão.

Psicose

Alfred Hitcock sabia trabalhar com o psicológico do público e portanto não poderia deixar de usar algum tipo de mensagem subliminar. Na cena final, quando temos um close de Norman bates ouvindo as vozes de sua mãe o acusando dos crimes, vemos um sorriso sínico surgir em Bates e antes da cena ser trocada, uma caveira surge rapidamente sobre o rosto do vilão.

O que a Ciência diz?

Primeiramente o conceito “mensagem subliminar” não tem base cientifica, a ciência é direta, se algo foi visto não é subliminar. Além disso a ciência não tem evidências que estímulos sensoriais abaixo do alcance dos sentidos, como mensagens reversas ou uma imagem muito rápida para ser vista, possam causar efeito em quem é sujeito a eles.

Leis sobre Mensagens Subliminares

Apesar de não existir base cientifica de que alguém possa ser persuadido por uma mensagem subliminar, existe leis sobre tais táticas em diversos países, na Espanha por exemplo, é proibido o uso de publicidade subliminar. No Brasil não temos nada que atenda especificamente o termo subliminar, mas costuma-se utilizar o artigo 36 do CDC ( Código de Defesa do Consumidor), que diz :

Artigo 36. A publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal.

Parágrafo único. O fornecedor, na publicidade de seus produtos ou serviços, manterá, em seu poder, para informação de seus legítimos interessados, os dados fáticos, técnicos e científicos que dão sustentação à mensagem.”

Em suma, tal lei tem como objetivo exigir que uma publicidade seja clara e evidente, transparecendo ao consumidor que trata-se de um recurso publicitário e que contenha informações verdadeiras sobre o tema em questão. No entanto em um recente caso no Brasil, a emissora de canal aberto, SBT, exibiu flashs rápidos de produtos cosméticos da Jequiti e até chamada para a estréia de uma novela no canal, em processo a emissora foi liberada para uso do recurso, já que considerou-se que se era possível perceber as inserções, não havia violações.

Essas foram apenas de algumas mensagens subliminares, reconhecidas pelos envolvidos, no entanto existem muitas outras que aqueles que estão sempre a observar os minimos detalhes, encontram das mais diversas e muitas vezes sinistras mensagens. E você, o que acha sobre as mensagens subliminares? Acha que funciona? Acha que muitas delas são imaginação, coincidência ou foram colocadas propositalmente?